Desoneração da folha para 17 setores é prorrogada até 2023


Publicado em 5 de Janeiro de 2022. - Atualizado em 6 de Janeiro de 2022 às 08:38.

TAG's: desoneracao, folha, para, setores, prorrogada, 2023

Setor calçadista, da confecção/vestuário e da construção civil estão entres os beneficiados

Foi sancionado pelo Governo Federal a prorrogação até o fim de 2023 da desoneração da folha de pagamento das empresas dos 17 setores da economia que mais geram empregos. A sanção do Projeto de Lei (PL) 2.541/2021 foi publicada no dia 31/12, data em que o benefício fiscal se encerraria, no Diário Oficial da União. O projeto foi sancionado integralmente, sem vetos e já está em vigor.

O projeto, aprovado em dezembro passado pelo Senado, diz que as empresas beneficiadas podem optar por deixar de pagar a contribuição previdenciária calculada sobre a folha de pagamentos, de 20% sobre os salários dos empregados, e continuar a contribuir com a alíquota sobre a receita bruta, que varia de 1% a 4,5%. Em tese, a iniciativa oferece um maior incentivo para a contratação de pessoal.

A medida beneficia as empresas de transporte rodoviário coletivo e de cargas, metroferroviário de passageiros, empresas de informática, de circuitos integrados, de tecnologia de comunicação, do setor da construção civil, empresas de obras de infraestrutura, empresas de call center, calçados, confecção/vestuário, couro, jornais e empresas de comunicação.

A legislação também prorroga o prazo referente a acréscimo de alíquota da Contribuição Social devida pelo Importador de Bens Estrangeiros ou Serviços do Exterior (Cofins-Importação).

“O projeto sancionado tem capacidade de oferecer estímulos aos setores beneficiados à necessária retomada da economia, principalmente, em face da diminuição de encargos fiscais a cargo dos empregadores”, informou o Ministério da Economia.

Para o assessor jurídico da CDL Divinópolis, Tadeu Saint’Clair, essa ação tem impacto significativo para Divinópolis.

“Alguns dos setores beneficiados, como o calçadista, da confecção/vestuário e da construção civil, em Divinópolis têm expressiva mão de obra empregada. Por isso, para nossa realidade, para o contexto da nossa cidade é muito positivo essa desoneração, que significa uma contribuição previdenciária menor para esses setores”, avalia Tadeu.

 

Fonte: Agência Brasil

 

Sistema CNDL

Av. Getúlio Vargas, 985 - Centro
Divinópolis - MG | (37) 3229-7200

Funcionamento
Segunda a sexta-feira, das 8h às 18h30.

Logo CDL Divinópolis