Pesquisa da FCDL-MG aponta que 82,1% dos mineiros são contra a realização do Carnaval neste ano


Publicado em 18 de Fevereiro de 2022.

79,5% dos entrevistados pretendem ficar em casa para se proteger e, ao mesmo tempo, economizar

O Carnaval sempre foi uma das datas mais aguardadas pelos brasileiros. Contudo, a pandemia, que se estende por mais um ano, fez com que muitas capitais e cidades do interior cancelassem seus blocos e suas programações.

Diante desse cenário, um levantamento realizado na primeira quinzena de Fevereiro, pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Minas Gerais (FCDL-MG), apontou que 82,1% dos mineiros são contra a realização do Carnaval neste ano. Outros 15,4% disseram que são indiferentes à celebração e apenas 2,6% são favoráveis.

De acordo com o economista da FCDL-MG, Vinicius Carlos Silva, entre as principais justificativas para esse resultado estão a incerteza provocada pela pandemia, com o surgimento da variante Ômicron, e a cautela com o cenário econômico que, por sua vez, se mostra instável e impacta diretamente na confiança da população.

“Não à toa, a pesquisa também demonstrou que 79,5% dos entrevistados pretendem ficar em casa para se proteger e, ao mesmo tempo, economizar. Outros 17,9% irão continuar trabalhando e 2,6% irão fazer pequenas viagens para o interior de Minas Gerais ou outro estado”, complementa Vinicius Carlos.

Feriado ou não?

Outra questão abordada pelo levantamento da FCDL-MG foi a respeito do funcionamento das empresas durante o Carnaval. Alguns municípios, entre eles Belo Horizonte, decretaram que o período não será feriado e que, portanto, comércio e demais atividades podem funcionar normalmente.

Diante disso, 38,5% dos entrevistados não têm certeza se irão trabalhar, pois acreditam que ainda não está claro o suficiente que as empresas irão funcionar normalmente no período de Carnaval.

33,3% afirmaram que irão trabalhar e 28,2% não irão. “A única certeza que os entrevistados mostraram foi que a informação oficial referente à folga do dia ainda não está clara e está demorando sua decisão. Isso impede a realização de programações e cria insatisfação dos consumidores”, ressalta o economista da FCDL-MG.

Outras datas comemorativas

Com o intuito de antecipar as intenções futuras dos entrevistados, a pesquisa apurou que 18,2% dos mineiros preferem aguardar e investir, de uma maneira diferenciada, na comemoração do Réveillon. 14,3% vão esperar o Natal, enquanto 11,7% não estão propícios a celebrar/comemorar nenhuma data.

Dia das Mães vem em seguida com 10,4% da preferência. Páscoa e Festa junina (São João) aparecem com 7,8% cada, e férias escolares e Dia das Crianças com 6,5%.

Outras datas, entre elas Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Finais de semana, não tiveram destaque sozinhas, mas juntas somam 16,7%.

Sistema CNDL

Av. Getúlio Vargas, 985 - Centro
Divinópolis - MG | (37) 3229-7200

Funcionamento
Consumidores: 2ª à 6ª feiras de 8h às 14h00.
Associados: 2ª à 6ª feiras de 8h às 18h30.

Logo CDL Divinópolis