Segundo NEPES/UNA, intenção de compra dos divinopolitanos para o dia dos namorados ultrapassa 55%


Publicado em 9 de Junho de 2022.

Pesquisa apontou que 55,1% dos consumidores pretendem comprar presentes para comemorar a data e ticket médio ficou em R$ 155.

Em 2022, após 2 anos de restrições, o dia dos namorados volta a ser comemorado gerando expectativas de aumento nas vendas e agitação no comércio. Segundo dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), este ano a data comemorativa de 12 de junho deve movimentar R$18 bilhões na economia. Em Divinópolis, uma pesquisa realizada pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômico-sociais (NEPES) da Faculdade UNA Divinópolis mostra que para a data, 55,1% dos consumidores pretendem comprar presentes para os seus companheiros.

De acordo com o especialista em finanças e responsável pelo NEPES/UNA, professor Wagner Almeida, apesar da economia ainda não apresentar uma forte reação, os consumidores devem aproveitar a data para compras, mesmo que de valor menor e utilizando de recursos como o saque do FGTS para presentear.

“Mesmo com o cenário econômico ainda delicado para o consumidor, com orçamentos apertados e inflação em alta, a expectativa para 2022 é positiva. O dia dos namorados é uma data importante e o ato de presentear é um gesto de afeto. Além disso, o fim das restrições impostas pela pandemia, e outros fatores como a liberação do saque do FGTS podem contribuir para um aquecimento do comércio”, destaca Wagner.

Segundo uma pesquisa realizada pelo NEPES/UNA, 55,1% dos consumidores pretendem comprar presentes no Dia dos Namorados neste ano. Dos que vão presentear, 55,1% estão namorando, 9% são casados, 13,5% dizem estar com alguém, mas sem um compromisso formal, 4,5% moram juntos e 1,2% possuem união estável.

“Os principais motivos para comprar presentes são considerar que este é um gesto importante (41%), ter o hábito de presentear as pessoas que gostam (41,5%) e para cumprir uma obrigação social (11%)”, explica Wagner.

O levantamento ainda aponta que entre os que não vão comprar presentes, 32,9% não tem namorado(a), noivo(a) ou cônjuge; 34,2% tem outras prioridades; 10,1% dizem não ter dinheiro; e 8,7% vão priorizar o pagamento de dívidas. Quando se pergunta quem será a pessoa presenteada, os namorados aparecem em primeiro lugar (67,1%), enquanto 21,5% pretendem presentear alguém por quem tem um carinho especial, 7,6% o esposo(a) e 3,9% o noivo(a).

 

Intenções de compra

A pesquisa mostra que em 2022, em Divinópolis, os presentes mais procurados serão roupas (19,2%); perfumes, cosméticos e maquiagem (11,5%); acessórios (9,3%) e bombons e chocolates (8%). De acordo com o levantamento, 55,8% dos consumidores pretendem comprar um único presente, enquanto 19,5% pretendem comprar dois. Em relação aos gastos pretendidos, 32,9% pretendem gastar até R$ 100; 31,6% de R$ 101 a R$ 200; 17,9% de R$ 201 a R$ 400. Somente 3,8% mais de R$ 400. 13,9% não sabem ou não decidiram ainda. Em média, o consumidor divinopolitano pretende gastar R$ 155 com a compra de presentes para a data.

Quando se fala em condição de compra, 21,5% pretendem pagar no cartão de crédito parcelado, 21,5% no cartão de débito, 20,3% no PIX, 16,5% no cartão de crédito à vista e somente 10,1% em dinheiro. Entre os que têm intenção de parcelar o pagamento das compras, 39,4% pretendem parcelar em 2 vezes, 29,6% em 3 ou mais vezes e 31% não sabem ou não decidiram ainda.

Segundo dados da pesquisa, 35,9% pretendem comprar este ano a mesma quantidade de presentes que o ano passado, 16,7% querem comprar um número menor de produtos, e 14,1% pretendem dar mais presentes. Já com relação aos gastos pretendidos, 26,6% pretendem gastar mais este ano do que no ano passado, sendo os principais motivos: produtos estão mais caros (41,3%), comprar um presente melhor (28,6%), e melhora de salário (11,1%). 20,3% pretendem gastar o mesmo valor. Por outro lado, 35,4% devem gastar menos, sendo as principais razões: querem economizar (40%), situação financeira difícil (27,7%) e outras prioridades (7,8%).

 

Comportamentos e decisões de compra

Ainda de acordo com o levantamento realizado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômico-sociais (NEPES) da Faculdade UNA Divinópolis, 86,3% dos consumidores consideram que os presentes estão mais caros este ano na comparação com 2021, 7,5% acham que estão na mesma faixa de preço e apenas 6,3% que estão mais baratos.  Quanto ao local de compra, 32,9% afirmam que pretendem comprar a maioria dos presentes na internet, 19% em lojas de rua, 8,9% em shopping e 13,9% não sabem ou não decidiram ainda. Na hora de escolher o local de compra dos presentes, 58,2% afirmam que são influenciados pela qualidade dos produtos, 54,4% pelo preço, 20,3% pelas promoções e descontos e 19% pela diversidade de produtos. Segundo a pesquisa, 62% dos consumidores pretendem fazer pesquisa de preço afim de economizar, 29,1% não pretendem.

Sobre a escolha do local para comemoração, 33,3% dos consumidores pretendem comemorar a data jantando fora ou em algum bar/restaurante, 29,6% na própria casa e 14,8% não sabem ou não decidiram ainda. A pesquisa revela, ainda, que 91,3% dos consumidores que vão presentear não pretendem deixar de pagar alguma conta para comprar o presente no Dia dos Namorados. Já 5% vão deixar de pagar alguma conta para presentear.

“Para os que estão com o orçamento apertado neste momento é importante lembrar que existem outras formas de surpreender o parceiro. Sacrificar o bolso para agradar a pessoa amada pode comprometer ainda mais a situação. É preciso ter disciplina e usar a criatividade”, reforça o especialista Wagner Almeida.
Para Wagner, definir um limite de gastos e usar a tecnologia a favor para poder realizar pesquisa de preços para só depois comprar são algumas dicas para agradar a pessoa amada sem comprometer a saúde financeira  

“Vale lembrar que nem sempre é o mais caro que agrada mais é importante levar em consideração o perfil e a personalidade do parceiro. Opte pelo pagamento à vista ou cartão de débito, pois além de não postergar pagamento cria consciência financeira. Além disso, abuse da criatividade, um presente customizado, um jantar, além de gastar menos, ainda ganha um toque de exclusividade”, ressalta.

Sobre a pesquisa

O levantamento sobre a Intenção de compras para o Dia dos Namorados 2022 teve como público alvo consumidores de Divinópolis, homens e mulheres, com idade igual ou maior a 18 anos, de todas as classes sociais e que pretendem realizar compras para o dia dos namorados deste ano. A pesquisa foi realizada pela web via formulário eletrônico entre os dias 03 e 07 de maio e contou com uma amostra de 252 pessoas. O objetivo da pesquisa foi mapear a intenção de compra dos consumidores de Divinópolis para o Dia dos Namorados de 2022 considerando os produtos comprados e pessoas presenteadas; formas de pagamento e ticket médio das compras; percepção e pesquisa de preços; locais das compras e da comemoração. Investigar fatores que influenciam a escolha dos presentes comprados; investigar os locais de comemoração da data e; mapear o uso dos recursos financeiros e suas consequências no orçamento pós-evento.

Sistema CNDL

Av. Getúlio Vargas, 985 - Centro
Divinópolis - MG | (37) 3229-7200

Funcionamento
Consumidores: 2ª à 6ª feiras de 8h às 14h00.
Associados: 2ª à 6ª feiras de 8h às 18h30.

Logo CDL Divinópolis